Governador João Doria aumenta carga tributária para o setor agropecuário

 

Para cobrir custas de uma administração pífia e inconsequente, governador de São Paulo João Doria, resolve aumentar, ainda mais, a carga tributária para a agropecuária paulista, o que resultará em majoração dos preços dos alimentos e dos custos da produção rural.

“O caminho mais fácil para suprir deficiência financeira da administração publica, certamente é a escolha para o aumento dos impostos”.

Com a lei estadual nº 17.293/20 recentemente aprovada pela Assembleia Legislativa, o Governador do Estado de São Paulo através dos decretos números 65.252, 65.253, 65.254 e 65.255, aumentou a carga tributária estadual dos insumos agropecuários, como fertilizantes, defensivos e rações, bem como de produtos agrícolas in natura e processados, combustíveis, energia elétrica, embalagens e serviços de transportes.

A medida causa sérios impactos em segmentos da cadeia produtiva rural, acarretando crescentes custos na produção agropecuária, em alguns casos até cumulativamente, além de anular os efeitos do convênio ICMS nº 100/97, prorrogado até 31/03/21 pelo Confaz.

O referido aumento dos impostos paulistas resultará na elevação dos custos dos alimentos, especialmente a partir de janeiro próximo.

Principais alterações na Legislação Tributária